quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

As Minhas Estratégias de Poupança - Gastos Pessoais

Olá!!


Estava agora para aqui sentada a pensar no que poderia fazer para poupar mais algum dinheiro a nível pessoal e, claro, acabei a fazer uma lista das medidas de poupança que já utilizo; assim, resolvi partilhá-las aqui no blog:

1. Não como fora de casa, a não ser em situações excepcionais em que por vezes sou apanhada desprevenida; para evitar que tal aconteça, costumo andar com uma peça de fruta e uma garrafa de água na mala;

2. Raramente tomo café na rua; se souber que vou demorar algum tempo fora de casa e me apetecer um café, opto por tomá-lo em casa, imediatamente antes de sair;

3. Não vou "ver montras";  assim fujo às tentações;

4. Quando penso em ir às compras (para mim), faço primeiro uma lista daquilo que gostaria de comprar (uma saia, umas calças, uma camisola, etc.); a seguir olho para a lista novamente e tento perceber o que é que realmente me faz falta; a seguir risco os outros itens; finalmente, penso nas cores das peças que me fazem falta, de modo a que conjuguem com o maior número de peças que já tenho;

5. Quando vou mesmo às compras, saio de casa já com destino traçado, ou seja, há duas ou três lojas onde compro roupa e é a essas lojas que me dirijo imediatamente; já nas lojas, nem sequer olho para os expositores que não se enquadrem naquilo que realmente preciso de comprar;

6. Só compro roupa e/ou calçado nos saldos ou então que esteja com promoções MUITO jeitosas e me faça falta;

7. Não compro jóias nem bijuteria; ou alguém me oferece, ou faço eu algumas coisas simples;

8. Não uso cremes nem produtos de perfumaria; nos perfumes, opto por águas de colónia, porque são mais suaves e também mais baratas;

9. Os vernizes das unhas vêm todos das lojas de chineses e devo dizer que até ao momento estou bastante satisfeita com todos eles;

10. Saio sempre de casa com a mínima quantidade de dinheiro possível;

11. Não tenho cartão de crédito;

12. Não tenho cheques;

13. Não vou ao cinema (também, com dois filhotes e sem apoio familiar de avós, não poderia ir mesmo que quisesse);

14. Não saio à noite (nunca saí, não gosto);

15. Tento deslocar-me a pé sempre que possível, embora não seja fácil na zona onde moro;

16. Não compro revistas nem jornais;

17. Passo meses e meses sem ir ao cabeleireiro; só vou quando sou mesmo obrigada a cortar o cabelo.


De momento é só o que me lembro... E vendo bem, já é muito... Talvez até demasiado; se me puser a pensar na minha vida, chego à conclusão que além de praticamente não sair, nem sequer tenho tema de conversa! não ligo nem estou a par de tendências de moda, não vejo nem sei quais são os filmes que andam no cinema, não estou a par dos temas e "fofocas" da actualidade...

Os meus únicos gastos, aqueles sem os quais não consigo passar são mesmo o tabaco (por enquanto, mas se deus quiser também vai acabar este ano) e as minhas linhas, lãs e agora tecidos para os trabalhinhos de crochet e costura - afinal também preciso de me distrair com alguma coisa...

Enfim, estas são as minhas estratégias de poupança a nível pessoal; e vocês, que estratégias utilizam?


Bjinhos!!

11 comentários:

  1. Caramba, a minha lista é identica à tua, que coincidencia!

    Para além destas coisas, vou tentando poupar em pequenos detalhes, que depois, juntos, acabam por fazer diferenca:

    - comparo precos de supermercados e aproveito descontos reais
    - semeio em vasos as minhas ervas aromáticas
    - fiz temperos e molhos caseiros
    - comecei a fazer alguns exfoliantes e cremes com produtos naturais e económicos (porém eficazes!)
    - para a lavagem de roupa, vou aderir ao uso nozes de saponária
    - reaproveito t-shirts velhas para fazer panos de limpeza
    - faco ementas semanais e assim organizo melhor as compras
    - faco os meus detergentes lava-tudo, reduzindo assim a conta do supermercado

    Desculpa o comentário tao longo ;-)

    Bjs
    Paula M.

    ResponderEliminar
  2. Ótimas dicas as suas para poupar.
    Quanto aos esmaltes dos chineses enviei para uma amiga no Brasil e ela adorou, a maioria é feito na Espanha, fui na loja e comprei uns também e estou a gostar.
    Bj
    http://www.noticiasdecascais.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Folgo em ver que está muito melhor. Que diferença de discurso..Nada melhor que traçar objectivos para animar. Bjs

    ResponderEliminar
  4. Olá, pelo o que vejo muitas pessoas seguem esta tendencia de cortar em quase tudo. A minha lista é idêntica a tua e os meus gastos extras que por agora não quero cortar(mas deveria)são a net e a meo, são em pacotes diferentes pq moro no campo e não dá para juntar o que é pena pois pouparia mtos euros. Mas em relação a estas medidas chego á conclusão que a nossa vida é muito estupida, tal como tu acabo por conviver pouco( tomo conta de duas crianças,vou ao parque em horas vazias e passo a maior parte do tempo em casa) não tenho temas de conversa e sinto um vazio grande, o que me vale é ter uma vida familiar plena e que me faz feliz, senão seria um caos.
    desculpa o desabafo.
    bjinho

    ResponderEliminar
  5. Olá meninas!

    Algumas "notas em relação aos vossos comentários:

    Paula M: E eu que pensava que era uma exagerada e uma forreta... pelos vistos não sou a única a quase não gastar dinheiro! (hihihi); também vou aderir às nozes de saponária, só ainda não consegui comprá-las, mas desta semana não passa; e quanto aos comentários, não te preocupes, que eu não os meço! :) podes comentar o que quiseres, quando quiseres e sem te preocupares com o tamanho do comentário, ok?

    Ana: Sim, felizmente sinto-me melhor e devo dizer que o outro comentário que deixou me ajudou bastante;lá está, nós vamos abaixo, mas há sempre quem tenha muito mais dificuldades que nós...

    Lúcia: Não tens nada que pedir desculpa pelo desabafo, ora essa! Desabafar faz bem e é preciso; podes usar o meu cantinho sempre que quiseres comentar, seja para desabafar ou não, ok? Ah, entretanto fui visitar o teu cantinho também e já estou a seguir-te!

    Bjinhos a todas!

    ResponderEliminar
  6. Também eu estou sempre em casa. Acabei o meu curso o ano passado e ainda não arranjei emprego na minha área. Já andei a ver trabalhos em lojas, mas eu e o meu marido estivemos a fazer as contas e para estar a trabalhar, ou estou a ganhar minimamente bem, ou então deixo-me estar como estou. Isto porque ele é funcionário do estado, por isso estou a usufruir da ADSE, o IRS torna-se um pouco "menos mau", organizo tudo cá em casa e tenho tempo para fazer coisinhas que até agora nunca me tinha aventurado por falta de tempo.
    Bem, isto tudo para dizer que em muitas coisas sou como tu, mas a vida são 2 dias e também precisamos de nos distrair! Por exemplo, também não vamos ao cinema, mas em contrapartida fazemos alguns downloads e vemos uns filmezitos assim... É raro, mas por vezes compramos uma ou outra revista ou jornal (quando nos interessa mesmo). Não sou a maior fã de compras de roupa, mas por vezes (sempre que possivel, nos saldos) lá vou dando uma vista de olhos no que há, mas nunca compro por impulso. Mesmo que não esteja a precisar daquele par de brincos, se me faz sentir mais bonita e são baratos, porque não? Claro que não será todas as semanas, mas se um miminho por mês não me tira o pão da boca...

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. natacha, vejo que estás mais animada!
    eu também fiz uma lista sobre as resoluções de poupança para este ano, para minimizar os "estragos" dos aumentos dos impostos entre outras coisas.

    no entanto, acho que de vez em quando nos devemos mimar (especialmente se estamos em casa). uma ida ao cabelereiro de vez em quando ou apenas uma manicure pode fazer milagres na nossa auto-estima. uns brincos novos (há coisas tão giras por menos de 3 euros) õu uma revista também são boas opções se for só de vez em quando.

    isto para te dizer, que nós mulheres temos muito a tendencia para nos deixar em último e nao o devemos fazer!

    poupar é bom pois claro, mas tambem sabe de tempos a tempos termos uma recompensa (que pode ser uma revista, os tais brincos, uma peça de roupa nova, um simples café com uma amiga...).

    de vez em quando pensa também em ti, porque mereces :)

    ResponderEliminar
  8. Algumas das tuas ideias tb as ponho em prática, como o evitar tomar café fora, ou comer demasiadas vezes fora ;) outras nem tanto ;) de qq forma obrigada pela partilha e um beijinho grande**

    ResponderEliminar
  9. Olá

    1º que tudo gosto muito do teu blog e sempre que posso leio o que por aqui escreves =)

    Penso da mesma maneira que tu e tambem corto com imensas coisas... Mas queria dizer mais uma coisita.. ja que nao vais ao cinema e eu percebo porque realmente os bilhetes estão muito caros, ha sites em que podes sacar os filmes com boa qualidade e depois é so procurares por legendas... sai bastante barato e graças a esses sites vejo sempre os filmes primeiro do que estao no cinema =) e muitos nem saiem ca em portugal!

    beijos

    ResponderEliminar
  10. Admiro muito essa tua persistência e focalização! Embora não me considere uma pessoa esbanjadora, tenho alguns pequenos luxos que não consigo evitar. Os trapos são mesmo o meu vício (mas muito controlado, até porque também quase só faço compras de maior nos saldos e sempre nas mesmas lojas - baratas!), mas cremes, maquilhagem, vernizes (risqué, mas ainda assim) e produtos para o cabelo (de supermercado, mas ainda assim) não consigo mesmo dispensar para me sentir bem comigo mesma!
    Mas também não tenho mais vício nenhum. Não fumo (menos quase 4€ por dia), não bebo café e também tenho sempre os meus lanches no saco!

    ResponderEliminar
  11. Olá:

    Acho de louvar a sua força de vontade e as medidas que toma. Ainda bem que partilha isso. Mas também penso que de vez em quando merece uma recompensa. Ter a auto-estima em alta é fundamental para conseguir levar a bom porto as nossas listas de tarefas e poupanças.

    sofia

    ResponderEliminar